segunda-feira, 4 de abril de 2011

Mt 7:13




Se ouvisse o que tenho para dizer, sem questionar, sem se sentir, o 'escravizar' de minhas palavras ... Palavras, só nos machucam, quando não estamos preparados para ouví-las. Quanto mais nos provocam os outros, mais deveríamos ver que não estamos preparados para sermos inteiros. Mas sempre queremos nos sentir assim. Sempre dizemos antes de sentir! Sempre nos negamos para não demonstrarmos que não entendemos o que o outro nos diz. Para não termos que nos sentir, 'inferiores', ao dizer que:  'não sabia-mos' a informação que o outro nos diz ... Ufa! Não seria mais fácil demonstrar nossas fraquezas? Pois, mesmo que, o outro pense estar 'tirando vantagem', estará perdendo? Simplesmente por estar agindo de 'má fé'!  No fundo, sempre sentimos o que é bom e o que não o é! Não é privilégio meu saber, mas é prazeiroso não me permitir sofrer com tão pequenas coisas... Meu sofrimento só se expõe, quando tudo que tento ser (sendo eu mesmo), fica incabível à mediocridade dos que não querem deixar o medo do sofrer, de lado... Afinal, que 'droga' (alucinógena ou 'terapeutica') causa mais mal? A que se usa para fugir da atual forma em que o homem se permitiu através do tempo, estar vivendo hoje em dia, chamada de 'sociedade', ou aquelas (novelas, futebol , carnaval...) que ele usa para 'nela' sobreviver?
Cada qual, responda ou 'edite' a sua resposta como lhe convir. o que faço, é apenas manifestar um caminuho mais seguro, mesmo sendo mais 'curto'.

Nenhum comentário: