segunda-feira, 11 de abril de 2011

Sem Guia?



Qual olhar insiste ver além do que se sente?
Qual boca diz palavras, sem antes as ter vivido?
Qual manipulador torpe, incita algo que não viveu?
Há dores e dores
Duplicidade verbal e factual são bem distintas
Então quem ouve?
Apenas quem realmente estiver em sintonia
Ligue o rádio e tente sintonizar a estação...
Não a de primavera à inverno
Mas a de outono e verão
À quem quizer ver
Verá...


Nenhum comentário: