domingo, 14 de agosto de 2011

Síndrome Narcisista


Não sei se quero voltar
Tudo acaba sempre se resumindo em eu falando e ninguém ouvindo
Se ouvem, fingem entender
Não demonstram tal entendimento em dia após dia
Acabam mesmerizando seus acordares e dormires apenas em pequenos momentos diários
À longo prazo e percentualmente, raros o que conheço
Não quero o descobramento mental que causa ausência ou desfalência física
Apenas o mínimo pensar de que por sermos seres diferentes e únicos, cada um em sua própria sanidade
Somos capazes de enxergar no próximo, suas necessidades também
Só um breve demonstrar de que não apenas vivemos em função de nossos próprios quereres

Nenhum comentário: